Nós Somos

A Cia. de Teatro Tumulto, formada por atores da Cidade de Deus e de outras comunidades do Rio de Janeiro está ligada diretamente à CUFA , sob direção geral de Anderson Quak e Liz Oliveira.
Tem como objetivo primordial ofertar novas telas e óticas para o teatro brasileiro. Reforçar os laços de cultura com a população de acesso restrito. Como lema, os atores adotaram a máxima:
Tumultuar. Contrariar o óbvio. Impressionar. Desconcertar. Mexer com quem está quieto.”
São produções de qualidade, propostas inovadoras, num teatro comunitário ousado e uma arte comprometida com as questões do homem contemporâneo.
O núcleo de dramaturgia se prolifera a cada movimento distinto em classes especializadas para jovens e crianças.
Promove o intercâmbio cultural, por meio de mesas de relacionamentos, debates, encontros artísticos e governamentais, e marca sua presença na inserção sócio-cultural.
Conquistou o apoio cultural de representantes do teatro brasileiro, como Lázaro Ramos, Maria Padilha, Babu Santana, Mariana Ximenes, Guida Viana, Thais Araújo, Tereza Gonzalez e muitos outros tumultuadores.
A inserção de parcerias, apoios e patrocínios, por partes privadas ou governamentais, contribuirão para a expansão e profissionalização teatral, com efeito multiplicador comunitário.
Mundo afora, a Cia de Teatro Tumulto recebe o apoio da Secretaria da Cultura do Governo do Estado.

Capítulos Artísticos

· Prazer em Família

· Paranóia Carioca
· Carroça da História
· Paparutas
. Navio Negreiro
· A Nóia da Paranóia
· Papo Calcinha

. Burgues da Lata

domingo, fevereiro 27, 2011



Hoje as 10h da manhã no cemitério do pechincha será sepultada uma mulher simbolo da tumulto.

Ceição, apelido carinhoso da Coiceição, uma senhora guerreira que deixou de ser uma Do Lar para realizar o sonho de ser atriz. Na tumulto Ceição começou em 2007 seu primeiro papel foi na peça AQUELE QUE DIZ SIM,AQUELE QUE DIZ NAO,de Bertoldo Brecht, depois ceição participou de todas as oficinas de teatro e intercambios comoutros grupos, foi para o viaduto do chá na final da Liibra, Barueri, esteve praticamente todos as mobilizações, um dos momentos mais marcantes foi no teatro café pequeno em ipanema onde Ceição interpretou a velha fofoqueira na peça PRAZER EM FAMILIA, sua última participação como atriz foi no espetáculo Burguês da LaTa adaptação do burguês fidaldo de moliere, onde pela primeira vez em todos esses anos de convivência com com Ceição tive a honra de contracenar com ela, eu no Papel de Burguês e ela no Papel de aluna de Canta, ela fazia um número para o Burgues que se irritava e calava sua boca com as maos de forma bem exdruxula, eu e Ceição fizemos em inumeras apresentações do brugues a plateia sorrir com essa cena, e é dessa Ceição que quero lembrar, da alegria de ver aquela senhora nos ensaios embaixo de chuva, sol e tiroteio...

Descanse empaz Ceição, seu exemplo sera a sua maior marca.

Do seu querido diretor,como você chamava

Quack

3 comentários:

Cintia Cunha disse...

Realmente muito triste saber que ñ teremos mais sua voz doce,seu carinho e sua atenção.
Ter conhecido essa senhora foi algo incrivél que levo sempre comigo.
Sentiremos saudades...E,lá de cima ela estara olhando por nós.

R.B.Côvo disse...

Procuro companhia de teatro interessada em representar minhas dramaturgias. Se tiverem algum interesse contatem por favor. Abraço.

Malenadu disse...

You have designed a very good blog. Makes me stick around it. Your idea and content is good. The collection, arrangement and font everything is fine. The site is lively and also lovely. All in all a very pretty site to visit. Good work keep posting.

"They alone live who live for others; the rest are more dead than alive." http://malenadugroup.blogspot.com/ please visit my blog. Thank you.